26 julho 2017

Sobre não pertencer, estar perdido, vazio.

Não é problema de estômago, não é estômago cheio, é um “bolo”, e se chama ansiedade. É não encontrar uma base para se projetar, é não saber o caminho, não encontrar seu talento.

É olhar a vida, a si mesmo e não achar relevância, significado, respostas. É se perguntar: por que aquelas pessoas podem ser felizes? Ignorando a realidade?

É não ser ouvido, e quando isso acontece, a mania das pessoas é invalidar o que você sente, e dizem a famosa frase: tudo vai passar, são coisas da idade, não seja fraco!

É dor. Dor que reverbera pelo corpo. Causada por você ou pelos outros.

Para um ser humano que é feito de emoções e sensações, não sentir, é como se lhe roubassem a essência da vida. Às vezes, você não sente porque chega um ponto que não existe mais energia para isso, tudo é bem pesado, e onde está o peso? É só abrir os olhos.

E palavras, são apenas palavras, pois chega um momento em que elas não servem mais, quem poderia entender? Eu entendo! E infelizmente muitas outras pessoas ao redor do mundo sabem exatamente como é estar assim. E o que eu fiz? Alguém estava lá para mim.

Eu achava que nada me fazia apegar aqui, e realmente não faz muito sentido se apenas olhar para dentro de si, da necessidade da matéria, então percebi que algumas vezes a resposta não está apenas em mim, por isso digo: vá além, perceba a espiritualidade ao redor. Sua alma, espírito, precisa de alimento também, você não é apenas um corpo.
A vida é um mistério, é como o universo vasto e incrível, é um mistério bonito. Há tantas situações tristes, mas sabe quando a gente se une pra fazer o bem, como tudo fica lindo?! Tudo muda?! A gente muda! Nós temos o poder! Sabe aquela frase: “não seja quem te feriu”? Foi escrita por alguém, outro ser humano; veja, somos o apoio um do outro, somos laços.

A vida faz com que seu coração/mente deseje conquistas, a busca por seu lugar no mundo, sua marca, alguma realização, encaixe, só você sabe; se a vida te dá esse horizonte é porque você pode alcançar, estar perdido nessa procura é normal, não se trave, nem se bloqueie, sinta o medo, pois é natural, mas não desista, procure algo que você ame e se jogue de cabeça, porque além da energia boa que você libera, a recompensa por cada etapa, pensamento, passo, você obtém. Você vai perceber.

Não saber o que fazer para o resto da vida é totalmente aceitável, há tanto que podemos ser! Não ache que essa escolha de hoje pode definir sua vida toda, no tempo apropriado você pode mudar o rumo da sua história, movimente-se ou espere, mas nunca pare!

Desejo que supere as guerras, o buraco negro do seu coração, a frustração, o abandono, a incerteza, o medo, o desespero, o vazio, a saudade, o trauma, a falta de amor, a angústia, a depressão, os julgamentos, você vai conseguir, nada disso é culpa sua. E se você contribuiu para o que está acontecendo, encare as consequências com esperança, você tem tudo nas mãos.

Se for demais para suportar, feche os olhos, respire fundo, deite no chão, grite, corra, escreva, cante, ouça uma música, pode não resolver, mas te dá outra perspectiva.

Aprender sobre as pessoas faz você se enxergar, entender o porquê de determinadas atitudes; mas tenha equilíbrio para não ser reflexo ou um eco das personalidades delas; olhar para o seu passado, sua vida, também é revelador, explica muitas situações. É preciso entender o que aconteceu com você para saber a saída.

E foram várias pessoas que me construíram, formaram meu pensamento, e estou aqui te mostrando que você, com suas limitações, dificuldades, que está aí, a despeito de tudo que te paralisa, é forte, muito forte.



Se você procura um amigo, alguém que te segure a mão, te ajude a caminhar, que te ouça, e não encontra, já pensou em ser essa pessoa? Seja a mão, o ouvido, a presença.

Abra os olhos, enxergue a verdade, abra o coração. Se alguma pessoa te cortar as asas, FALE, FALE, FALE, faça um escândalo, declare para os quatro ventos, FALE, diga o que sente quando alguém fala de determinado jeito com você, diga que não é piada, fale que é sério, FALE. Se não te entenderem, contate um psicólogo, me manda um e-mail, vamos conversar, chama teu amigo, liga para o CVV  http://www.cvv.org.br/, não passe por isso sozinhx!! Você não está sozinhx, sua vida é preciosa, joia rara, e você pode tanto!!

Então você escuta a música Trem-Bala - Ana Vilela e Dia Especial – Cidadão Quem; perceba que não é sobre amor romântico, ele deixa sua vida colorida, mas não é apenas ele, você não pode limitar o sentido da sua vida a isso; é o conjunto das pequenas grandes coisas que dão a razão para viver, porque estamos aqui pra tocar o outro, abraçar sua família, para segurar na mão, dar um sorriso despretensioso, um elogio, a paciência, a empatia, o respeito, a tolerância e o presente mais lindo: ajudar. Ajudar te transforma, te proporciona alegria transbordante, é autêntico, honesto, é puro. É magia. É amor da cabeça aos pés! Ajude, isso faz sentido.

Somos conectados um ao outro.
É nossa Natureza.

Te dedico: “Amor pra Recomeçar – Frejat”.


Um comentário:

  1. Lindas palavras, há momentos que a gente se sente assim.
    Normal, principalmente com tantas questões.
    Vou guardar esse post com carinho.

    Beijos!

    ResponderExcluir