Páginas

20 abril 2015

{Resenha} Garoto encontra garota – Meg Cabot

Vi o livro no insta da Pam e descobri que ela ama a Meg Cabot.
Lá estava a foto sem maiores explicações, mas como a capa era uma fofisse fui procurar no sebo, achei e não pensei duas vezes, troquei. Claro que não procurei nenhuma resenha antes disso, gosto de ler sem saber nada sobre, prefiro ter certeza que alguém disse que é bom, que vale a pena, só isso.



Uma olhada rápida e vi que ele é escrito na forma de e-mails, memorando, mensagens, ligações da secretária eletrônica e tal... Achei maneiro, não tinha lido nada desse tipo.

Bem, a protagonista é a Kate, ela trabalha no RH do The New York Journal e compartilha as fofocas com sua melhor amiga Jen, do mesmo setor. Ambas são subordinadas à uma chefe super ridícula que apelidaram de T.P.M e eu entendi perfeitamente. Kate é aquela mocinha sexy, inteligente, mas insegura, graças a Deus ela não é chata, super gente boa.

E em como todo livro que começa numa estabilidade, acontece algo que gera várias confusões e situações bem engraçadas, eu ri bastante nesse livro, inclusive. Ahh os personagens secundários são interessantes, cada um à sua personalidade, o que fica explicito e acho ótimo.

É um chick-lit né, então a parte do romance apesar de fofa e tal é um clichê, mas um clichê gostoso de ler. Eu me apaixonei pela escrita e as tiradas da Meg Cabot e já vou procurar o primeiro livro – O Garoto da Casa ao lado, que é unanime em ser o preferido geral total! Eu soube depois que são uma trilogia, no entanto com histórias independentes.

1° O Garoto da casa ao lado 
2° Garoto encontra garota 
3° Todo garoto tem.

Sim, me deu uma tristeza sabe, porque como as cosias são contadas depois que acontecem, então eu ficava com um sentimento de perda do momento, daqueles instantes em que a narradora mostra o sentimento, o diálogo, a expectativa do acontecimento. Poxa senti tanta falta disso. Isso foi o único ponto negativo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário