Longe de Casa

Estive pensando em como é ótimo ficar longe de tudo que se conhece e apreciar novas experiências, sorrir com o inusitado, conhecer quem realmente se é longe da família e dos amigos, analisar suas atitudes em lugares desconhecidos.

Ter que começar do zero. 
Aproveitar para fazer ou dizer o que sempre quis, mas tinha vergonha. Não ter o privilégio de compartilhar aquela troca de olhares e sorrisos cúmplices com os amigos. 


Quando se sai de casa e procura-se aprender por si, buscar novos caminhos em que conselhos não vão estar lá na hora que precisa, é nessa hora que agente procura algo que nos faça sentir confortáveis, um lar fora de casa.

Cada um tem seu método, particularmente a música sempre me ajuda quando é inevitável ficar sozinha, ela abranda meu medo do desconhecido, me faz fechar os olhos e sorrir, me dá o aconchego de um abraço (cara sou muito piegas), e se tem uma música que me provoca todas essas sensações, esta música é “Sweet Child O’ Mine” (Guns N’ Roses). Simplesmente transforma meu estado de espírito. Não existe outra letra, melodia, riff que me faça mais feliz quando estou longe de casa.


Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

E a vida é...

Favoritos do Mês/Fevereiro

Não foi o que eu disse!